Conheça a numerologia chinesa

edkon-numbers-wide

Provavelmente já sabe que, para os chineses, o número oito está ligado à sorte e o número quatro tem uma conotação negativa. Mas sabe a razão? Nesta edição vamos falar-lhe sobre a numerologia chinesa e aquilo que vai para além do simples uso de contar e quantificar.

Os caracteres dos números chineses, para além do simples uso de contar e quantificar, têm uma explicação cósmica. Alguns destes ganharam um outro valor na sua utilização, por razões de ordem fonética, podendo fazer lembrar uma outra ideia. Por exemplo, o numero oito, 八 (bā), tem uma leitura próxima do caracter 发 (fā) que significa enriquecer, sendo por isso um número ligado à sorte. Por sua vez, o número quatro, 四 (sì), tem uma leitura próxima do caracter 死 (sĭ) que significa morte, logo tem uma conotação evitável. Será apenas natural que para os chineses se deva evitar o número quatro e se procure o número oito.
Conheça mais sobre a numerologia chinesa!

数字文化 numerologia

Os números em chinês, de 一a 十, têm a origem da sabedoria antiguíssima sobre o mundo e homem, nos livros clássicos como o Livro de Mutações 易经 e o Tratado da Medicina Interna do Imperador Amarelo 黄帝内经.

一 yī O numero primordial, que significa ago básico. A sua forma – linha horizontal – represente a linha do horizonte, o chão, que é a base da nossa existência. O que está em cima do chão/terra, é 上shàng , e abaixo é 下 xià. 旦dàn, 早 zăo, que significam “manhã cedo”, são sinalizações do sol em cima da linha do horizonte.

二 èr O traço em cima refere à existência de um outro fenómeno natural em oposto à Terra: o Céu, 天 tinān. Assim, o homem não pode ultrapassar o céu. Mas aqueles que são sages夫 podiam ter uma visão mais alta, em cima do céu. E este caracter, 工 – fabrico/trabalho, são obras do Homem aproveitando tudo o que existe no mundo, entre o céu e a terra. O Homem não inventa nada, mas transforma.

三 sān Filosoficamente, o segundo traço deste caracter significa o Homem, aquilo que vive entre o Céu e a Terra. Aquele que domina os três é o Rei,王. O Rei porta pesas de jade玉 na cinta, esta pedra preciosa é símbolo da virtude, sendo considerada a congelação da essência da Natureza.

四 sì A ideia do QUATRO é aqui bem visível: um quadrado. Dentro dele, os dois traços às direcções contrárias constituem uma contra-força à tendência de implosão – como numa casa, as quatro paredes não caiem por dentro porque há um equilíbrio que suporta o peso do material.

五wŭ Os cinco elementos – metal, madeira, água, fogo e terra – são as matérias naturais que se manifestam e se cruzam sob o princípio do Yang (o Céu, apresentado no traço horizontal em cima) e Yin (Terra, simbolizada pelo traço horizontal em baixo). É um número importante na medicina tradicional chinesa.

六Os dois traços em cima 高,cimo, os dois pezinhos significam a base. O caracter seis acrescenta à ideia do 四que contem quarto dimensões (norte, sul, oeste, este) com mais duas direcções: cima e baixo. Assim temos um mundo em forma de “cubo” , que tem seis dimensões. (六合:天地四方)

七qī Sete é o número organizador da vida Yin, ou seja, se o traço horizontal simboliza a Terra, então o segundo traço que vai da cima para o baixo é a comunicação entre os dois mundos. Ora, tanto para os chineses e para os portugueses, os Sétimos são dias em que os vivos prestam homenagem aos mortos. Sete é também o número organizadora da vida de uma mulher.

八 bā Os gestos para escrever este caracter simbolizam a divisão – as oito direcções em rosa dos ventos. 八卦 bāguà, o trigrama, é um sistema da combinação de “um” e “meio” (ou 1 e 0 na lógica moderna), representando Ying e Yang. O oite é o número organizador da vida de um homem.

九 jĭu Na China antiga, o nove era o número máximo, é o número celeste. O Templo do Céu em Pequim foi construído com nove grupos de escadas de nove níveis, e o altar redondo no meio foi montado com peças de mármore branco, em 9 ciclos, cada ciclo tendo um número múltiplo de 9: 18, 27, etc., até 81. São assim 406 peças em totalidade, com uma pequena peça redonda ao centro.

十 shí Se o nove é o número máximo, então acrescentar 1 a 9 significa voltar ao princípio, UM, marcando neste um traço vertical. Assim é o vinte 廿 e o trinta é 卅.

Para evitar a possibilidade de alteração/falsificação nos números, sobretudo em que diz respeito ao dinheiro, é utilizado um outro grupo de caracteres, com exactamente as mesmas pronúncias, a saber:
edkon-numerologia-interior